Araguaína, 22/10/2014 - 13:19 hs       |       ANUNCIE AQUI    |    EXPEDIENTE

Anterior

Parede desaba em obra e mata servidor do município de Araguaína

05/05/2012

Anterior

Próxima

Senhor 70 anos é atropelado por uma motocicleta e encaminhado ao Hospital Regional de Araguaína

06/05/2012

Próxima
Oportunidades
Publicado em 06/05/2012 às h

Homem é encontrado morto com golpes de faca no setor Maracanã em Araguaína



 Foto: Leo Candido 

A onda assassinatos e crimes sem solução, que assusta a população de Araguaína fez mais uma vítima nesse final de semana.  Na manhã desse domingo, 06, o corpo de Antônio Eliseu Oliveira, 45 anos, foi encontrado na residência localizada na rua Tucano no setor Maracanã, em Araguaína, com sinais de golpes de faca.  A polícia ainda não descobriu a motivação do crime e não tem pistas dos assassinos.

De acordo com as informações, os filhos da vítima vieram de Brasília para um almoço em família, e ao chegarem à residência perceberam algo estranho, pois a luz de fora estava acesa e Antonio não respondia aos chamados. Ao arrombarem a porta se deparam com o sangue no quarto e o corpo próximo à cama.

No corpo de Antônio Oliveira havia pelo menos três sinais dos golpes, sendo um na região do pescoço e dois, no tórax. Um detalhe que chamou muito atenção das autoridades foi que a perícia encontrou o cabo da faca utilizada no crime ao lado do corpo e a lâmina  da arma branca estava cravada no ferimento localizado próximo ao coração.   

Antônio era natural da cidade de Ararripina no estado do Pernambuco, mas atualmente estava residindo em Araguaína-To, com um dos irmãos. Já seus 3 filhos estavam em Brasília e na data de hoje participariam de um almoço em família. Porém, foram surpreendidos com a tragédia, que até o momento continua nas estatísticas da segurança pública como mais um assassinato em Araguaína, sem solução.

Edição: Fernando Almeida

(Com informações de Leo Candido-Programa "Primeira Mão"/TV Girassol) 

 

 

 

 






Deixe seu comentário





Link:



  Publicidade  
Colunistas
Por Luiza Helena
Por José Américo